Chifrando o marido com o chefe

Publicado em setembro 2, 2020
8 votes

Meu nome é João(*), o da minha maravilhosa esposa é Vera (*)! Ela tem 36 anos, loira, cabelos longos,1,70 de altura, branquinha, adora roupas muito curtas, coladas e bem chamativas aos olhos dos homens, sempre anda de salto bem alto e maquiagem bem marcante!

Na época, morávamos numa cidade do interior, ela estava trabalhando numa clínica, sempre se cuidou, mais naquela época, ela estava ainda mais vaidosa, sempre perfumada, arrumada e sorridente! Sua felicidade em ir “trabalhar” era nitida!!! Rsrs…

Fiquei bem desconfiado, mais não falei nada, apenas observei… Começaram então as horas extra, trabalhar aos sábados e vez por outra, viagens a “trabalho”, eu ficava em casa cuidando dos filhos, enquanto ela se “profissionalizava”…

Sempre a busquei no serviço, quando ela não ia de carro, numa cidade ao lado da nossa, ia sempre por volta das 19h00, um dia ela disse pra buscá-la mais tarde, só na hora em que ela me ligasse… Contudo, resolvi ir um pouco mais cedo, antes de sua ligação, afinal, poderia esperar na recepção! Então, fui, ao chegar lá, a clínica estava toda trancada, bati na porta, telefonei, passei zap e nada!!! Então fiquei dentro do carro esperando, depois de mais ou menos uma hora e meia, ela me retornou, pedindo desculpas, pois estava muito ocupada e não havia visto minhas chamadas, então ela veio abrir a porta pra mim, estranhei um pouco, ela parecia ter tomado banho, estava muito cheirosa, como se tivesse acabado de se arrumar.

Ela me convidou pra entrar, me chamou pra sala onde ela ficava, pra desligar os equipamentos, porém, lá dentro estava o Lucas(*) também, seu chefe, fazendo “manutenção nas maquinas”. Então vi que eles estavam a sós, “trabalhando”, ela estava com um sorriso no rosto, toda feliz, meio que se explicando, o Lucas estava por trás de uma das máquinas, e veio me cumprimentar… Pegou na minha mão, e logo voltou ao que fazia, ela falou um pouco sobre as coisas que ele fazia e ele tbm explicou algumas coisas, os dois bem sorridentes, felizes…

Nisso ela falou que já íamos embora pra não atrapalhar o Lucas no que ele fazia, mais ele disse que tbm já ia sair, pq ela já tinha terminado o que fazia e já pro hotel onde estava hospedado, pois ele era sócio na clínica, mais morava a mais ou menos 200 km dessa cidade!

Nisso me cumprimentou novamente e agradeceu a minha esposa por ter ficado lá com ele, deu três beijinhos nela e nos convidou pra jantar com ele e sua esposa numa outra oportunidade!!!

Quando entramos no carro, ela não continha a alegria, o elogiava a todo momento, dizendo que ele era um ótimo chefe, que ensinava tudo pra ela, que era atencioso, cuidadoso, que as outras mulheres da clínica, tinham inveja dela, por ele ensinar tanto a ela, e que ela precisaria fazer algumas viagens acompanhando ele, pra aprender mais sobre a profissão!

Minha putinha deu para o chefe e depois me chamou para chupa-la

Quando chegamos em casa, ela tomou um banho, colocou os filhos pra dormir e vestiu um micro short, uma blusinha, se maquiou e colocou um salto bem alto, com brincos enormes de argolas, me chamou pra tomar um vinho com ela na varanda da nossa casa.

Depois de alguns goles, ela me disse que estava ardendo de tesão, me falou pra chupar ela ali mesmo, de pé e eu ajoelhado, ela tirou o shortinho, ficando apenas de camisetinha e salto!!! Me ajoelha, ela abriu as pernas e comecei a lamber a bucetinha linda da minha esposinha! Ela me perguntou se eu gostava dela, daquele jeito, bem safada, me disse que nunca mais ia ser a mesma, disse que tinha aprendido a ter poder…

Eu respondi que gostava sim, dela, daquele jeito! Ela me perguntou se eu realmente a amava! Eu disse que sim, lógico, sempre a amei, então ela disse pra eu me levantar, me deu um longo beijo na boca, colocando bastante saliva dela na minha boca, depois falou que sempre ia me amar tbm, se ajoelhou e começou a fazer um boquete como só ela sabe fazer…

Quando eu já estava louco de prazer, com ela lambendo, babando, punhetando meu pau, ela me disse sorrindo: Corno!

Eu disse: o quê?

Ela respondeu: isso mesmo que você ouviu, seu corno, você não passa de um corninho manso e frouxo. Você é, foi e sempre será corno!

Apesar do susto, o coração batendo a mil e ela sorrindo da minha cara, gozei muito na boca dela, foi a primeira vez que gozei tanto, tanto, que tremia… Depois que terminei, ela me disse que só estava começando! Nossa vida ia mudar totalmente a partir daquele dia!

Mais adiante, conto pra vocês o desenrolar dessa história!!!

(*) Nomes fictícios.

9134 views

Contos relacionados

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

1ª experiência lésbica com uma GP

Olá. Sou uma mulher madura, com 39 anos, bem resolvida. Tenho um filho e por isso sempre vejo os históricos da navegação da internet e o computador fica na sala de casa. Certo dia vi visitas em...

LER CONTO

Uma barraca para três

Durante a faculdade, tive as melhores experiências sexuais da minha vida. Durante umas das inúmeras festas, conheci uma garota, muito gata e gostosa, mas bem maluca. Nos demos muito bem e já na...

LER CONTO

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

Minha cunhada é minha puta

Olá amigos do conto, tudo bem com vcs? É minha primeira vez aqui e vou relatar a transa gostosa que tive com a minha cunhada puta. Meu nome é Gustavo(*), esposa Anna (*) e cunhada Paula(*),...

LER CONTO

Chupei o pau grosso do coroa

Eu sou casada, estava em crise o meu casamento, eu e meu marido brigamos, sai pra esfriar a cabeça quando sento em um banco de uma praça eu vejo um coroa alto, lindo, bem vestido em seu carro...

LER CONTO

Dei pro vizinho e o corno do marido gostou

Meu nome é Naira(*), tenho 29 anos e sou casada a 5 anos. Sou loira, tenho um bumbum grande e seios médios, sempre que passo na rua algum tarado mexe comigo, sou o tipo de mulher que adora provocar....

LER CONTO

Minha esposa e seu amigo fudendo em nossa casa

Me chamo Manoel(*), e minha esposa Letícia(*),ela é enfermeira e ano passado trabalhou com um amigo, vou chamar de Augusto(*). Ele era o condutor da ambulância, pegamos amizade com ele, era bem...

LER CONTO

Cunhada tarada me deu a bucetinha molhada

Minha cunhada é magrinha 43 anos, corpo de novinha, quadril largo, seis durinhos e pequenos. Casada a um ano, preparamos seu casamento, noivo devagar, tive que no dia da preparação levar ela e...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • carvalho 08/07/2021 16:44

    isso e muito bom ser corno do patrao deve ser super gostoso

  • Rossano 18/09/2020 18:02

    Me identifiquei com este conto, poderia até ser contado por mim. O problema é que depois de um tempo minha ex enjoou de tudo e arrumou outro corno para chamar de seu. Vida que segue.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
- - - - - - - -
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo