A primeira vez a gente nunca se esquece

Publicado em agosto 13, 2021
1 vote

Somos um casal recém formado, e diga-se de passagem extremamente safados…

Nos encontramos a primeira vez em frente a rodoviária da minha cidade, e claro estava louca de tesão, porém imaginava que nem iria rolar motel pois bem nesse dia a menstruação chegou, na minha cabeça aquilo era o fim da picada… Mas pra ele não!

Quando ele chegou o abracei e logo senti um perfume gostoso, já estava louca pra ver o que iria acontecer então sem cerimônia o beijei puxando seus braços para minha cintura, senti o calor do corpo dele contra o meu, o que me fez arrepiar, e querer ainda mais o fim daquela noite num quarto de motel.

E assim foi, decidimos que era pra lá que iríamos. A gente precisava de um pouco mais de privacidade. Eu estava de salto alto, vestido preto e uma calcinha vermelha do jeito que ele pediu. Fomos de Uber, as vezes percebia o motorista olhar pelo retrovisor interno, acho que ele nos imaginava dois pervertidos… E quer saber, ele estava certo!

Na realidade não havia outra coisa que eu queria naquele momento que não for dar de quatro pra aquele cara.

A primeira transa a gente nunca esquece

Subimos para o quarto tranquei a porta e nos beijamos com desejo, com tesão… Ele se afastou para providenciar que o quarto ficasse num clima apropriado para o que íamos fazer. Desci do salto, e fui ao banheiro para me aprontar também, quando voltei deitamos um ao lado do outro e ficamos conversando, de repente ele começou a me beijar e deslizar a mão pelo meu corpo arrepiado cada vez mais de tanto tesão, estava apenas de calcinha me sentei em cima dele que ainda estava de calça e cinto, eu o beijava e sentia seu pau duro embaixo de mim roçando minha buceta ainda protegida pelo tecido da pequena peça vermelha que eu usava.

Com a desculpa mais esfarrapada do universo de que o cinto estava me incomodando resolvi por conta própria tirar o cinto, a calça e de quebra a cueca dele, quando o vi totalmente nu e de pau duro como estava não resisti e comecei o chupar com vontade, e que delícia era ter aquele pau todo dentro da minha boca…

Como era a primeira vez, começamos com o básico papai e mamãe, ele socava o pau dele do jeito que eu gosto, com firmeza e um pouco de grosseria queria ele cada vez mais dentro da minha buceta.

Fiquei de quatro pra ele no meio da cama pedi que se ajoelhasse atrás de mim e metesse seu pau com força em minha buceta até que um de nós dois gozassemos, e assim foi uma delícia.

Resolvi então ficar de quatro escorada na cabeceira da cama totalmente entregue ao homem que estava me comendo naquele momento, me sentia totalmente entregue a ele … Sentia o seu pau entrando na minha buceta e saindo freneticamente. Cheguei ao ponto de gozar mas consegui controlar, e ele bombando com força até que a segunda vez deixei meu corpo se levar pela intensidade e explodi em um orgasmo tão intenso que se ele não me segurasse eu não conseguiria me sustentar de quatro, e sim, eu caí em seus braços, trêmula, entregue, me senti uma garota que acabara de ter experimentado a coisa mais gostosa do universo.

Com as forças recuperadas, fomos para um merecido banho e depois cada um pra sua casa… Confesso que depois de uma noite tão intensa tive um sono maravilhoso!

1737 views

Contos relacionados

Fudendo o cuzinho da empregada bunduda no banheiro de casa ... Um verdadeiro tesão!

Comendo a esposa do meu Tio

O conto que irei contar à seguir é verídico, vou alterar os nomes para preservar a identidade dos envolvidos. Me chamo Artur(*), sou moreno e tenho 1.78 de altura e 30 anos de idade. Esta...

LER CONTO

Foda perfeita com minha amante

Olá meu nome é Lucas (nome fictício), queria contar pra vocês a foda com minha amante. Era de madrugada ainda tínhamos combinado de se encontrar, ela me ligou mas eu não ouvi mas por sorte vi...

LER CONTO

Comi a minha cliente

Olá! Me chamo Gabriel (nome fictício), vou contar como trazei com minha cliente. Sou moreno claro, 34 anos e casado, tenho um pequeno provedor de internet no meu bairro e dentre alguns clientes a...

LER CONTO

Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...

Incesto porno Comi minha irmã

Oi!  Eu tenho uma irmã por parte de pai que é muito gostosa mesmo. Ela tem 18 anos, é loirinha, de olhos grandes e azul, uma barriga retinha e um bundão, seu nome é  Júlia (fictício). Um...

LER CONTO

Engolindo leite quente do papai

Meu nome é Vanessa (fictício), tenho vício por porra, sim, eu amo engolir porra, vamos lá. Certa noite estava chovendo forte e eu fui até o quarto dos meus pais, quando abri a porta vi meu pai...

LER CONTO

Transei com a amiga da minha mãe

Oi meu nome Bernard (*) tenho 23 anos, sou alto, forte, moreno e a amiga da minha mãe chama Sandra(*) e elas trabalham juntas. Ela é uma morena magra, gostosa, peituda e tem 27 anos. Esse e um conto...

LER CONTO

Minha primeira transa a três

Olá,  tenho 27 anos. O que vou relatar aconteceu comigo a um mês trás. Tenho um "quase relacionamento" a quatro anos enfim... Ele sempre quis me ver chupando outra mulher "ele falou que eu...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 4 = ?
Deixe sua imaginação aflorar com os melhores contos eróticos reais do Brasil. Contos Picantes e Sensuais com textos bem formulados, com uma leitura fácil e agradável. São centenas de contos adultos grátis da melhor qualidade com fotos amadoras das histórias de sexo.
- - - - - - - -
© 2022 - Contos eróticos → Contos Pornô com Histórias Reais de Sexo